>Orações subordinadas adjetivas

>ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS

São aquelas que têm o valor e a função de um adjetivo (sempre se referem a um substantivo ou pronome da oração principal) São iniciadas por pronomes relativos: que, quem, o qual, cujo,…
– Dicas: Pronome relativo: – Tente substituir o pronome por “o qual (is) ” para confirmar se ele é ou não relativo. – O pronome relativo exerce uma função sintática.
Ex: Admiramos alunos estudiosos ® Admiramos alunos que estudam adjetivo Oração subordinada adjetiva.

Orações subordinadas adjetivas Restritivas:

Orações subordinadas adjetivas restritivas são aquelas que delimitam, em um universo de seres, os que possuem determinadas características. Exercem função de adjuntos adnominais na oração principal e não são isoladas por vírgulas.
– Restringem ou limitam a significação do nome a que se refere. – Não são separadas por vírgulas. – Funcionam como adjunto adnominal de um nome da oração principal.
Ex: Os homens que fumam vivem pouco. (O.S. Adjetiva Restritiva) Havia ali crianças pedindo esmola. (O.S. Adjetiva Restritiva Reduzida de gerúndio)

Orações Subordinadas Adjetivas Explicativas:

Orações subordinadas adjetivas explicativas são aquelas que realçam um detalhe do termo antecedente, que já se encontra definido. Sempre é ultilizado a vírgula separando-a da oração principal. Exerce a função de aposto explicativo da oração principal.
– Indicam uma simples explicação ou detalhe do nome a que se refere. – Vêm sempre separadas por vírgulas. – Funcionam como aposto (entre vírgulas) de um nome da oração principal.
Ex: O Sol, que é uma estrela, é o centro do nosso sistema planetário.
As orações subordinadas adjetivas e a vírgula:
– Já vimos que as orações adjetivas explicativas são separadas por vírgulas, mas as adjetivas restritivas não. – O emprego, ou não, das vírgulas com as orações adjetivas gera frases de sentidos toalmente diferentes. Compare: Os balões que subiam eram aplaudidos pelas crianças. (restritiva) Os balões, que subiam, eram aplaudidos pelas crianças. (explicativa) – Apesar de terem a mesma estrutura, esses períodos têm sentidos bem diferentes. Note que no período primeiro, entende-se que nem todos os balões subiam, apenas uma parte deles é que subia. E só os que subiam eram aplaudidos. A oração “que subiam”é, portanto, adjetiva restritiva. – Já no período segundo, entende-se que todos os balões subiam e todos eram aplaudidos pelas crianças. A oração “que subiam” é, portanto, adjetiva explicativa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Orações subordinadas adjetivas, Teorias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s